Os dentes e o contato social

Antônio Salazar Fonseca é membro da Sociedade Brasileira
de Odontologia Estética Crédito: Juliana Causin/CBN. sábado, 19/09/2015, 09:30 
‘Ausência dos dentes leva à ruptura do contato social’, afirma dentista.
Antônio Salazar Fonseca explica que a prevenção é fundamental para manter a saúde da boca. Segundo ele, as próteses têm tempo de vida útil, portanto os usuários devem renová-las.

“É importante que qualquer pessoa visite o dentista de seis em seis meses. Em caso de próteses, elas devem ser reavaliadas a cada dois anos, o que, geralmente, não acontece.

Maioria da população não tem dentes naturais

Com as próteses, o problema cresce ainda mais. A maioria das pessoas não tem o hábito de fazer a manutenção constante regularmente e, com o passar dos anos, elas vão ficando desadaptadas. “Muitos deixam até de usá-las e acabam ingerindo alimentos mais pastosos, o que não é saudável. Quanto mais dentes naturais você tiver, mais alimentos saudáveis você poderá comer e sua saúde ficará melhor”.

Um estudo divulgado ano passado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo indica que 64% da população paulista na faixa de 65 a 74 anos são de desdentados. Só 10% possuem mais de 20 dentes, quando de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o percentual deveria ser de 50%.” http://odontologika.uol.com.br/terceiraidade.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *