Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Como a tecnologia afetará nossa aposentadoria?

Comentário do Blog -  O centro Virtual sobre envelhecimento publicou dois artigos sobre o papel da tecnologia e o envelhecimento, Este é o Primeiro.
Sabemos, gracias al Estudio sobre Economía del Envejecimiento, que hay muchos mitos e ideas preconcebidas sobre cómo, cuánto y para qué usan nuestros mayores Internet. Hoy empezamos una serie de artículos que se titula Cómo la tecnología transformará nuestra jubilación, publicado originalmente el The Wall Street Journal en el mes de noviembre de 2015, y cuyo autor, Joseph F. Choughlin, director del AgeLab del MIT (Massachusetts Institute of Technology) ha sido elegido uno de las 50 personas más influyentes en envejecimiento en 2015. 

En el primer artículo planteamos el tema de cómo afectarán los cambios tecnológicos, los nuevos dispositivos, actitudes y aptitudes en la forma de afrontar la jubilación de ahora en adelante.
Hablaremos de diferentes contextos, empezamos por el laboral, y en la próximas semanas veremos otros como la forma de pe…

Mais Valia, voluntariado para maiores de 55 anos

Voluntariado de curta duração.
Nota do Blog: O envolvimento de pessoas com mais de 55 anos em uma cooperação para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) é sem dúvida uma decisão fantástica.
O Mais Valia junta profissionais experientes que voluntariamente se oferecem para integrar projetos já em curso, respondendo às necessidades identificadas pelos parceiros que atuam nos países africanos de língua oficial portuguesa.
Os candidatos deverão ter idade superior a 55 anos, formação académica ou técnica especializada, experiência profissional, e disponibilidade para integrar missões com um período previsto de dois meses.
Nesta edição serão privilegiadas as competências na área da Saúde, Educação, Agronomia e os diversos ramos da Engenharia, áreas que podem dar um maior contributo no reforço institucional e na resposta às necessidades encontradas no terreno.
As candidaturas foram submetidas de 8 de abril a 8 de maio, exclusivamente em formulário próprio, no site da Fundação Cal…

Setenta anos, porque não? Lia Luft

Comentário do Blog: A escritora Lia Luft nasceu em 15 de setembro de 1938. Em 2015 publiquei este artigo no Blog mas, hoje, senti vontade de trazê-lo de volta, e aqui está: Setenta anos, porque não?

"Acho essa coisa da idade fascinante: tem a ver com o modo como lidamos com a vida.
Se a gente a considera uma ladeira que desce a partir da primeira ruga, ou do começo de barriguinha, então viver é de certa forma uma desgraceira que acaba na morte.Desse ponto de vista, a vida passa a ser uma doença crônica de prognóstico sombrio.
Nessa festa sem graça, quem fica animado?
Quem não se amargura? O tempo me intriga, como tantas coisas, desde quando eu tinha uns 5 anos.
Quando esta coluna for publicada, mais ou menos por aqueles dias, estarei fazendo 70.
Primeiro, há meses, pensei numa grande festa, eu que sou avessa a badalações e gosto de grupos bem pequenos.
Mas pensei: bem, 70 vale a pena!
Aos poucos fui percebendo que hoje em dia fazer 70 anos é uma banalidade.Vou reunir filhos e pouquíssimo…

Sedentarismo aos 40 prejudica a saúde do cérebro

Ser sedentário aos 40 anos pode contribuir para o envelhecimento e redução do volume cerebral na terceira idade.
É o que diz um estudo publicado recentemente na revista científica Neurology.
De acordo com um novo estudo, pessoas sedentárias na meia-idade podem ter redução do volume cerebral e envelhecimento acelerado
O estudo realizado por pesquisadores americanos mostrou que as pessoas que tiveram pior desempenho no teste de esforço físico realizado aos 40 anos apresentaram menor volume cerebral na tomografia feita 20 anos depois(Thinkstock/VEJA)
A pesquisa, realizada por cientistas da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, analisou 1.583 pessoas, com, em média 40 anos, sem demência ou doenças cardíacas. Todos os participantes realizaram um teste de esforço na esteira e foram submetidos a tomografias do cérebro. Duas décadas depois, os procedimentos foram repetidos.
Os resultados mostraram que as pessoas que tiveram pior desempenho no primeiro teste de esforço apresentaram um menor …

Vários olhares sobre a velhice - Palavras sobre palavras 22

Comentário do Blog; Há poucos dias, ou seja dia 10/02/16. postei o artigo  "Imaginário da Velhice na Música Popular Brasileira (MPB)" hoje, posto um texto de Eliane F.C.Lima do Blog Literatura em Viva 2 em que analisa a velhice sob os olhares poéticos. Eliane, assim vê:

"Na atual postagem, o tema recorrente é a velhice. Os textos escolhidos são de poetisas contemporâneas, com as quais já trabalhei. E, de início, pelas pistas que cada um fornece, se podem reconhecer as diferentes fases da vida em que cada ser poético está, o que lhes propicia uma avaliação divergente diante desse momento da vida.

Poema I: Martha Medeiros 

envelhecer, quem sabe não seja assim tão desastroso

me interessa perder esta ansiedade me atrai ser atraente mais tarde

um pouco mais de idade, que importa envelhecer, quem sabe não seja assim tão só
O eu lírico do texto de Martha Medeiros não está na velhice ainda – “envelhecer, quem sabe...” – e, por isso, mantém uma expectativa positiva, ou, pelo menos, o …

Os desafios mais rentáveis da humanidade

Envelhecimento e câncer estão entre os problemas que geram mais negócios
Comentário do Blog: Estejamos atentos às transformações,  o envelhecimento   e a longevidade são fenômenos demográficos, sociais e econômicos. Em 30 anos, na turma de mais de 65 anos vai ter mais gente do que a da faixa das crianças menores de 5 anos. Será um acontecimento histórico que vai gerar a maior transformação social, política e econômica da humanidade, avaliam analistas econômicos. Mas ... nossa atenção precisa gerar ações concretas para a definição de uma Política Social cque respeite os Direitos Humanos.
O mundo nunca teve que enfrentar tantos desafios. Terrorismo, mudanças climáticas, desigualdade, escassez de água, concentração de terras, disrupção digital, pandemias como as de câncer e de obesidade. Como se fosse pouco, o envelhecimento da população do planeta é o prelúdio de todas as grandes transformações que viveremos. Essas forças estruturais podem levar a um panorama aterrador ou a uma era em que…

Os cabelos brancos

Os cabelos brancos podem custar caro aos latino-americanos
A população em idade de trabalhar é maioria na região, mas se não forem feitos ajustes logo seu futuro pode ser comprometido, é o bônus demográfico.
Efeito especial de videogame ou realidade do século XXI? Por sorte trata-se de um envelhecimento estatístico. A má notícia é que ocorre na América Latina.
E a pele se enruga, aparecem os primeiros cabelos brancos, nos caem os anos em questão de segundos. m parte devido a sua maior capacidade em reduzir a mortalidade e controlar a natalidade, a população latino-americana está envelhecendo a um ritmo maior que o resto do mundo. Nas últimas cinco décadas, a expectativa de vida per capita se ampliou em 22 anos, enquanto a fertilidade caiu pela metade.
Nada menos que sete nações latino-americanas ocupam o ranking dos 25 países do mundo cuja população maior de 60 anos cresce mais rapidamente. São eles: Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México, e Peru.
Em duas gerações a populaç…

Estágio para idosos

Agência inova e lança vaga de estágio para idosos; experiência para o cargo: de vida
 Vaga de Estagiário Sênior para quem tiver disponibilidade de compartilhar sua experiência de vida com a empresa.
Você conhece alguém que tenha tudo a ver com o cargo?
Aos 60 anos, muita gente que deu duro na vida já se aposentou e está curtindo o dia-a-dia longe da correria dos negócios. Apesar disso, todo mundo conhece alguém que já passou desta idade e não está nada feliz com o marasmo que muitas vezes ronda a aposentadoria.
Quando isso acontece, algumas pessoas buscam a reinserção no mercado de trabalho sem muito sucesso. Na área da comunicação as coisas podem parecer ainda mais difíceis, já que muitas empresas valorizam mais os novos profissionais do que aqueles que possuem mais experiência.
Uma exceção parece ser a DMV Comunicação, uma agência de publicidade especializada em shoppings centers, que acaba de lançar uma vaga de Estagiário Sênior para quem tiver disponibilidade de compartilhar sua experi…

Yo cambio, tu cambias, todo cambia

Cambiar o aceptar los cambios no significa renunciar a lo bueno que hemos atesorado en la vida: ideas, sueños, hábitos, experiencias, tal como el cosmos y la naturaleza las ha ido guardando para regalárnosla.
Quisiera compartir algunas ideas sobre un tema que suele aparecer en algunas publicaciones. Me refiero a los cambios, esos que pasan por nosotros y nos asustan e incomodan. -"¿Te fijas como está el marido de la Marta? ¡Qué cambiado está!"-. Claro, cambiamos y nos ven cambiado. Eso en el aspecto exterior, en nuestro cuerpo. También sentimos que hemos modificado algunas costumbres y sentimientos a medida que han pasados los años. Tenemos otras emociones y hasta somos más tolerantes con las lágrimas y dejamos que ellas empañen nuestros ojos. Siempre cambiamos naturalmente; crecer es cambiar. Desde el big bang, el universo es un continuo movimiento sin cesar, con una armonía grandiosa... tal como nuestro cuerpo, verdadero universo que desarrolla la vida en completo orden. Lo…

Como percebemos a passagem de tempo?

Como percebemos a passagem de
tempo? - Opinião Minas - Parte 1

Bom dia! 
O cuidado responsável e carinhoso marca cada um dos temas que posto aqui e, afirmo a Você. que tenho aprendido e apreendido sempre. Meu grande objetivo é que estejamos, Você e eu, juntos nesta caminhada. Hoje, por exemplo, é com alegria que posto dois vídeos de uma entrevista com Maria de Lourdes Goveia que "poetisa" a filosofia numa interessante conversa sobre o tempo.
Maria de Lourdes atualmente é professora da Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais.
Em 26/06/2015 no Programa opinião Minas começas assim: Já teve aquela sensação de que o tempo está passando cada vez mais rápido? Já estamos quase na metade do ano e a impressão para algumas pessoas é que os últimos meses simplesmente voaram. De onde vem essa sensação? Quem nos ajuda a entender o assunto é Maria de Lourdes Gouveia, doutora em filosofia.


Como percebemos a passagem de tempo? - Opinião Minas - Parte 1

Bom dia!  O cuidado responsável e carinhoso marca cada um dos temas que posto aqui e, afirmo a Você. que tenho aprendido e apreendido sempre. Meu grande objetivo é que estejamos, Você e eu, juntos nesta caminhada. Hoje, por exemplo, é com alegria que posto dois vídeos de uma entrevista com Maria de Lourdes Goveia que "poetisa" a filosofia numa interessante conversa sobre o tempo. Maria de Lourdes atualmente é professora da Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais. Em 26/06/2015 no Programa opinião Minas começas assim: Já teve aquela sensação de que o tempo está passando cada vez mais rápido? Já estamos quase na metade do ano e a impressão para algumas pessoas é que os últimos meses simplesmente voaram. De onde vem essa sensação? Quem nos ajuda a entender o assunto é Maria de Lourdes Gouveia, doutora em filosofia.

Como percebemos a passagem de tempo? - Opinião Minas - Parte 2

Empoderamento dos idosos

Publicado em 7 de set de 2012 ENTREVISTA AL DR RICARDO IACUB, PSICÓLOGO, ESPECIALISTA EN ADULTOS MAYORES. Comentário do Blog: Poderíamos afirmar que "o mantra" do envelhecer bem está em: autonomia, boa saúde , morar bem, manter-se ativo, aprender sempre e ter amigos.

Dia de São Valentim - dia dos namorados

Enamorados durante mais de 50 anos: A fotógrafa retrata O Amor de Casais Idosos Os meios de comunicação convencionais estão saturados de imagens de casais ou pares jovens e bonitos, mas… aonde estão os velhos amantes que há mais de 50 anos compartem  seu amor e seus vínculos insondáveis? A fotógrafa Lauren Fleishman  capturou com sua câmara os retratos alentadores e ternos de casais cujo amor tem sobrevivido mais de meio século em uma adorável série de fotografias  intitulada “Los Amantes”. A fotógrafa tinha a intenção, em princípio de fotografar 50 casais nada mais, mas rapidamente o projeto chegou ata 100. Descobriu que simplesmente pedindo aos  velhos casais que se beijassem os fazia sentir-se a vontade e recordar seu amor na juventude. A inspiração de Fleishman para começar este projeto surgiu ao ler as cartas de amor que seu avô escreveu para sua avó durante a 2ª Guerra Mundial. Despois que faleceu, o diário ajudou a fotógrafa a compreender o matrimonio de seus avós de uma forma …

O Cuidado - excelente palestra

Novos Velhos

Sugestão de leitura: NOVOS VELHOS de Léa Maria Reis /Grupo Editorial Record/Editora Record A seguir, a entrevista com a autora a jornalista e escritora Léa Maria Aarão Reis, uma gentileza deThereza Christina Pereira Jorge do Blog vivacombeleza.com.br/
A jornalista Léa Maria Aarão Reis lançou um livro profético: “Novos velhos, viver e envelhecer bem”, pela editora Record, há três anos. A autora define o trabalho como um livro jornalístico e acredita que a informação pode servir de ponto de partida para futuras análises. Durante dois anos, Léa Maria entrevistou médicos neurologista e oncologista, psicólogos, psicanalistas, uma demógrafa e uma terapeuta corporal. A pesquisa que deu origem ao livro também serviu de base para a organização de dois cursos sobre a nova maneira de envelhecer para a Casa do Saber, no Rio de Janeiro. Léa como grande repórter anteviu o que a ciência chama de Envelhecimento Ativo, tema do nosso blog. Ou, como querem alguns, a 4ª Idade. Como surgiu a ideia do livro? H…

O país está envelhecendo em meio a diferentes demandas

Alexandre Kalache, médico geriatra, ex-coordenador do programa de envelhecimento global da Organização Mundial da Saúde e consultor da Academia de Medicina de Nova Iorque 
Anna Paula Franco - terceiraidade@gazetadopovo.com.br Texto publicado na edição impressa de 31 de dezembro de 2009 O ritmo do envelhecimento da população brasileira aponta para um cenário que exige medidas criativas e visionárias. A projeção da inversão do perfil demográfico do país, com mais idosos do que jovens em 2030, conforme pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica mudanças urgentes em políticas públicas e condutas sociais em relação ao idoso. “O Brasil envelhece mais rapidamente do que outros países e temos o desafio de criar nossos próprios modelos de atenção a essa população”, explica o médico geriatra carioca Alexandre Kalache*.
Com o aumento da população idosa no país, quais as medidas mais urgentes que precisam ser adotadas pela sociedade? A questão é inegavelmente de desigua…

Envelhecimento, Longevidade e População

Em 2008  a UNED- Universidad Nacional de Educación a Distancia da Espanha deu início a estudos partindo do ponto demográfico e tendo como eixo a estrutura por idade da população onde analizaram a adoção de medidas coerentes e justas como contribuição a orientação  do planejamento social e ao desenho de políticas públicas para o envelhecimento. Veja o vídeo com atenção que você verá a vinculação deste tema no próximo poste.