Dia Internacional da Yoga

Dia Internacional da Yoga em 21 de junho, no Solstício de Inverno.

Em setembro de 2014, Narendra Modi, Primeiro Ministro da Índia, apresentou às Nações Unidas a ideia de comemorar um Dia Internacional da Yoga, na ocasião ele usou as seguintes palavras:

A Yoga é um presente inestimável da antiga tradição indiana. Corporifica a unidade entre a mente e o corpo; o pensamento e a ação; o controle e a plenitude; a harmonia do homem com a natureza; uma abordagem holística para a saúde e o bem-estar.”

A partir disto, sua proposta foi aceita pela ONU (Organização das Nações Unidas), bem como por 175 países e em 2015 comemoramos o primeiro Dia Internacional da Yoga em 21 de junho, no Solstício de Inverno.

Yoga significa a comunhão de mente e Espírito a partir do equilíbrio mental e pode ser praticada por qualquer pessoa, em qualquer faixa etária. Apesar de na cultura ocidental a maioria das pessoas conhecer a Yoga como um conjunto de posturas, a prática na verdade, relaciona-se mais como um método completo, que propõe não só um bem estar físico, mas também práticas de valores éticos, virtudes mentais, meditações e elementos consistentes para a construção de uma vida com mais qualidade num todo.

O que é a Yoga?

Yoga é a perfeição em ação. Neste sentido, encaramos um paradoxo: o que de fato é a perfeição? O que se diz perfeição na ação não deve ser tomado no sentido de fazer uma ação perfeita nos mínimos detalhes de sua execução para um yogi, mas sim em fazer suas ações fluírem em harmonia com o dharma, ou seja, com o bem comum, e desta forma, saber que temos o privilégio de escolher como, quando e onde agir, mas que não existe maneira de controlar ou escolher os resultados de nossas ações.

Desta forma, entende-se que perfeição é viver com consciência, porém, ao mesmo tempo, deve-se ter cuidado para não tornar a perfeição uma obsessão.

No entanto, a Yoga não está apenas no plano das idéias, nem muito menos se restringe a uma série de exercícios. Não são necessários conhecimentos técnicos para poder realizar sua prática, pois mesmo os atos do dia a dia como trabalhar e educar os filhos, são partes do Yoga.

 

A única regra do jogo é permanecer consciente de cada ato feito, em todos os momentos. E assim, o Yoga é para ser vivido diariamente, em todos os nossos atos, de maneira atenta e consciente. A partir disto, vem o amadurecimento emocional, que é a essência do Yoga.

Desta forma, o Yoga apresenta-se como uma prática universal. Não só para doentes e idosos, mas também para jovens e sadios. O Yoga é para todos os seres humanos. Para tanto, a prática pretende atingir a autocompreensão, o encontro de onde pertencemos no mundo, num plano maior.

Depois de disciplina e paciência na prática, o Yoga retribui com o respeito por todo o tipo de criação. Seu caminho é radical, mas é para todos e nos leva, principalmente, a felicidade que já possuíamos.

Fonte:  https://www.eusemfronteiras.com.br/21-de-junho-dia-internacional-da-yoga/

Confira outros artigos sobre Yoga escritos por Pedro Kupfer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *