República para idosos

Santos realizou a primeira experiência com o formato de moradia comunitária ou república para idosos, de que se tem conhecimento no Brasil.

Comentário do Blog – Em relação a moradias para idosos, aqui no Blog, já foram postados mais de meia dúzia de artigos. Em sendo do seu interesse você pode localizá-los pelo Menu  na Categoria “Condomínios.”

A primeira república específica de atendimento ao público da terceira idade surgiu em Santos, no litoral de São Paulo, em 1995. O sucesso do projeto foi tamanho que, ao longo desses 20 anos, se estendeu para diferentes cidades do Brasil como: Belo Horizonte, Divinópolis, São José do Rio Preto e Curitiba. Nessas moradias autônomas, os residentes ficam responsáveis pelos cuidados com a limpeza e dividem as tarefas igualmente para todos.

Experiência em Santos –  Essa alternativa surgiu da discussão de entidades representativas e poder público, objetivando criar condições para o estabelecimento de uma rede de apoio ao idoso que apresenta problemas de moradia. O perfil estabelecido para ingressar na República era: renda de 1 a 2 salários mínimos, ser morador em vaga, cortiço ou de favor (condição precária de moradia), residir sozinho no município, idade acima de 50 anos – à época (1996) era considerado idoso indivíduos acima de 50 anos.

Após 11 anos, a cidade conta com quatro unidades de República. O projeto conseguiu ser vitorioso, porque integrou e articulou elementos essenciais ao idoso, tais como: moradia adequada baseada em proposta realizada pelos próprios idosos e oriunda de um processo de envolvimento coletivo; o diálogo existente em todo o processo entre os idosos, o poder público, cuja receptividade à proposta foi imediata; a integração com a comunidade; o acompanhamento técnico e psicossocial realizado pela prefeitura tanto no período anterior como posterior à mudança do idoso para a república.

Estes elementos foram relevantes para conquistar os idosos e contribuíram para o processo de apropriação do espaço, que passou a ser considerado por seus moradores como sua própria casa.

Experiências como esta podem contribuir não só na prevenção do asilamento, do isolamento social; mas principalmente no fortalecimento da auto-estima, favorecendo a manutenção do papel social e dos vínculos com familiares.

Podemos concluir que se avançou não apenas em inovação quanto à forma de moradia, mas também na criação de um formato institucional que reune condições defensoras dos direitos do idoso, criando espaços de organização e capacitação do mesmo para o exercício do papel de cidadão.

O que se apresenta além da garantia do direito a moradia, é possibilitar que esse direito esteja integrado com outras necessidades básicas da pessoa idosa.

É necessário, contudo, que gestores públicos e órgãos representativos continuem a ter um papel educativo, com ações embasadas na integração social e na articulação de políticas e serviços.

Fonte: http://www.portaldoenvelhecimento.org.br/

Uma reportagem do G1 traz depoimentos interessantes, veja República para idosos

6 thoughts on “República para idosos

  1. Em Belo Horizonte tem uma republica para idosos e onde fica localizado , gostaria tbm de saber o preco tenho a informacao que por ser republica o preco e bem melhor .

    1. Caríssima Maysa, sugiro que você faça uma busca no Google ou informe-se junto a Prefeitura Municipal.
      Vi, na Internet este endereço: http://portaldeservicos.pbh.gov.br/portalservicos/view/paginas/home.jsf. Talvez possa ajudar.
      Um abraço, vá confiante.

      Em tempo: Para quem mora em São Paulo vi, também na Internet, esta informação:
      Boa noite! Para todos meu nome é Viviane,moro em São Paulo zona leste,próximo a Arena Corinthians,desde 2009 trabalho com republica para jovens tenho hoje uma casa Feminina e outra masculina e estou abrindo uma nova republica ,porém ,para 3º idade,baseada dentro deste projeto do texto citado acima.Estamos terminando algumas reformas de adaptação na casa, para iniciar funcionamento.Caso tenham interesse em moradia entrar em contato através do meu ZAP 11-981702563 email pensao2@yahoo.com. Tenho certeza que será uma grande experiencia nessa Republica e faremos que muitas pessoas,passem a não ficar mais sozinhas e sim, permitir que tenham uma qualidade de vida melhor.Faremos hospedagem mensal no valor de $350 mensal ,já incluído o aluguel,água,luz,gás,internet , roupa lavada 2x por semana ,limpeza geral da casa e troca de roupa de cama todas as sextas -feiras. Referente a alimentação cada morador será responsável em comprar e preparar sua alimentação.produtos de higiene pessoal também será de responsabilidade de cada morador.Teremos como administradora desta republica uma Assistente social e como apoio alternativo e sem custo nenhum, voluntários como: auxiliar de enfermagem,Psicologo e terapeuta ocupacional.

    2. Tbm estou a procura de República em Bh. Estou em Berlim e preciso de uma alternativa para minha mãe morar. Pois ela está muito solitária

    1. Boa tarde, Rose.
      Minhas desculpas por só te responder hoje. Aqui no Viva a velhice a informação gira em torno dos tipos de acolhimento existentes para idosos. Sugiro que faças essa busca no Google destacando Belo Horizonte e encontrarás muitas informações. Além do Google as Secretarias estaduais e municipais da área do social certamente dispõe de informações a respeito. Faz a busca, Desejo que encontres o lugar ideal para ti.
      Retorna para contar o serviço que encontraste e te agradou.
      Grande abraço, volta sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *