Continuar dançando – documentário

Um curta sob a direção de  Greg Vander Veer – ‘Keep Dancing’

Comentário do Blog: Keep Dancing está na programação do evento DocuWeeks Shorts program, at the the ArcLight Hollywood in Los Angeles nos dias 13 a 19 de agosto. Mas o interessante destaque do documentário é vermos que a forma de envelhecer é uma escolha nossa. Tradução livre.

Sinopse: Após carreiras célebres, dançarinos lendários Marge Champion e Donald Saddler se tornaram amigos durante a execução em conjunto nas show da Broadway Follies em 2001.

Quando o show terminou, eles decidiram alugar um estúdio privado juntos, e eles foram coreografando e ensaiando danças originais. Aos 90 anos, eles continuam a exercer a sua paixão pela vida através de seu amor e domínio da dança.

Continuar dançando combina perfeitamente nove décadas de filmes de arquivo e fotografias com atual imagens para contar uma história através da dança da passagem do tempo e do processo do envelhecimento.

Palavras do Diretor: O maior desafio foi no fato de que eu estava lidando com dois sujeitos, com duas histórias de vida diferentes e personalidades completamente diferentes.

Marge Champion passou toda a sua vida na frente da câmera, e foi mais do que disposta a ser filmada a qualquer hora, em qualquer lugar. Donald Saddler, por outro lado, é um homem maravilhoso, mas muito particular que foi apenas muito confortável sendo filmado dentro do estúdio, e ele falou apenas a cerca de sua vida profissional.

Setenta por cento das filmagens acabou sendo de Marge, e os cortes iniciais do filme foram muito desequilibrados. Demorou muito tempo, com o corte de uma série de grandes cenas, para fazer um retrato equilibrado, que tratou os dois e os assuntos de forma igual.

Marge é uma das dançarinas mais amadas do mundo do espetáculo. Uma lenda em Hollywood desde que ela e o marido, Gower Champion, tornaram-se os parceiros de dança mais famoso dos Estados Unidos na década de 1950.

Donald Saddler nasceu em Van Nuys, Califórnia e estudou dança em idade precoce para recuperar sua força após um ataque de febre escarlatina.

Um documentário delicioso com duas estrelas que pretendem continuar brilhando. Adiar a retirada.

Fonte: http://www.documentary.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *