“Morrer de Velho” vence prêmio de jornalismo

Foto: Nuno Guedes/TSF

Reportagem TSF vence prêmio de jornalismo, em Portugal

O prémio de jornalismo António Paulouro, atribuído anualmente pelo Jornal do Fundão, distinguiu a reportagem da TSF “Morrer de velho” de Nuno Guedes com sonoplastia de Luís Borges.

A reportagem “Morrer de velho” tentou perceber como é a vida dos portugueses depois da reforma, numa altura em que as estatísticas nos dizem que vivemos cada vez mais tempo, mas temos dos idosos menos felizes da Europa e que mais se queixam da saúde. Clic abaixo para ouvir, excelente.

Durante alguns meses, a reportagem TSF acompanhou diversos momentos do dia-a-dia de dezenas de idosos da região de Lisboa, desde o Bairro da Ajuda, aos sentados no jardim da Alameda, passando por idas à praia em Cascais ou até visitas a um cemitério.

O jornalista e escritor Faria Artur, membro do Júri, considerou que “Nuno Guedes soube agarrar bem o tema no concernente aos mais idosos e, assim, elaborou o retrato “Morrer de Velho”. Falou com especialistas de organizações ligadas ao setor, que enquadraram a matéria, e ouviu, claro, os idosos nas mais diversificadas situações, com especial destaque para quem não pretende desistir da vida, patenteando até a alegria de viver. Um trabalho concretizado por um homem repleto de sensibilidade, a que se acrescenta uma profunda capacidade de análise jornalística”.

O prémio de jornalismo António Paulouro, atribuído todos os anos pelo Jornal do Fundão, distinguiu também a reportagem “Tejo, O Rio Perdido”, do jornalista Jorge Almeida, da RTP.

Fonte: www.tsf.pt/sociedade/interior/a-5576408.html em 29 DE DEZEMBRO DE 2016 –

Sugestão de Orestes Batista Minigildo Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *