Você tem saúde? Pense bem na resposta, heim!

Hoje vou começar fazendo uma pergunta aparentemente bem simples: Você tem saúde???

Comentário do Blog: Este é um agradável, oportuno e importante texto de  Leandro Cerri publicado no grupo Envelhecimento em comunidade. Você vai gostar.  “Como fazer amigos” é o nome da imagem que ilustra o texto.

Tem muitas coisas com as quais a gente convive o tempo todo, durante a vida toda, mas nunca paramos para pensar mais atentamente sobre seu significado específico. Eu acho que saúde é uma delas …
Quando as pessoas falam sobre saúde, na verdade estão falando sobre doenças, ainda que sobre a sua ausência. Entretanto, ter saúde não é a mesma coisa do que não ter doença …
Para nos cerificarmos disso, nada melhor do que recorrer ao conceito de saúde formulado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), órgão da ONU.
Aí vai: “saúde é o estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente a ausência de doença ou enfermidade”.
Você viu como é um conceito amplo??? Bem estar físico, mental e SOCIAL!!!
As pessoas sabem perfeitamente o que é saúde física e mental, mas será que todos saberiam descrever adequadamente sobre o que é saúde social???
E posso lhes garantir, ela é muuuuuuiiiiiito importante … tanto quanto as demais.
Sem saúde social, fica muito difícil manter a saúde física e mental.
Muitos estudiosos do tema entendem que saúde social está diretamente associada à felicidade íntima das pessoas, ou seja, ela depende daquilo que somos (nossos conceitos e valores) e não do que possuímos (nossos bens materiais).
Por mais estranho que possa parecer, a felicidade íntima não tem relação direta com a condição sócio-econômica dos indivíduos. Todos conhecemos pessoas em condições sócio-econômicas confortáveis que estão muito distantes do estado de felicidade íntima, sentindo-se desmotivadas, entristecidas e até deprimidas.
Por outro lado, também convivemos com pessoas que, embora estejam em situação sócio-econômica nada satisfatória, vivem em estado de plena felicidade, sempre preservando uma indisfarçável disposição para enfrentar as adversidades
Entretanto, ninguém vive em pleno estado de felicidade íntima cem por cento do tempo. Assim como de vez em quando contraímos uma virose e passamos alguns dias fisicamente “destruídos”, também temos fases de “baixa”, no que se refere à nossa saúde social. Mas isso é absolutamente normal.
Segundo os especialistas, a saúde social está relacionada a um estado de bem estar consigo mesmo, curtindo os relacionamentos afetivos com companheiros, familiares e amigos (a despeito de surgirem problemas passageiros), e também com as pessoas com as quais mantemos algum tipo de relacionamento em nosso dia a dia, seja profissional ou pessoal.
Isso tudo, porém, não quer dizer que temos de nos dar bem com todo mundo, tampouco que devemos abrir mão de nossas convicções e de nossos valores para não magoar as pessoas … O mais importante de tudo é sermos do modo que gostamos e acreditamos valer a pena, sentido orgulho de nossa conduta.
Uma das formas de cuidar da saúde social é não se isolar do mundo e procurar conviver com pessoas bacanas, que acrescentem algo positivo em nossas vidas, sejam elas da família, do círculo de amizades ou mesmo simplesmente nossos conhecidos.

É isso!!! Agora, depois de toda essa nossa conversa eu volto a perguntar: Você tem saúde??? Pense bem na resposta, heim???

Imagem: Top Clinical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *