Dia Internacional da Felicidade, 20 de março

Ao longo da história humana, a busca por uma vida plena sempre foi motivo de reflexões, e no passado a Filosofia descrevia a conquista da felicidade como resultado das nossas posturas éticas, das nossas práticas na vida. O mundo seria tão bom quanto nossas ações!

O que é o Dia Internacional da Felicidade?

É um dia para ser feliz, é claro! Desde 2013, as Nações Unidas celebraram o Dia Internacional da Felicidade em reconhecimento do importante papel que a felicidade desempenha na vida das pessoas ao redor do mundo. Em 2015, as Nações Unidas lançaram os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que visam acabar com a pobreza, reduzir a desigualdade e proteger o nosso planeta – três aspectos fundamentais que contribuem para garantir o bem-estar e a felicidade. No ano passado, as Nações Unidas convidaram todas as pessoas de todas as idades, bem como escolas, empresas e governos, para comemorar o Dia Internacional da Felicidade e alcançar os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Relatório de felicidade mundial

Relatório Disponível em inglês é uma pesquisa sobre o estado da felicidade mundial. Faz uma classificação de países, entre 156, pelo seu nível de felicidade e outra classificação (177 países) para a felicidade de seus imigrantes.

Este ano, o relatório gira em torno, além de sua classificação usual de níveis e mudanças na felicidade em todo o mundo, para a migração, tanto dentro dos países quanto entre eles.

Essa comemoração foi criada e fundada pelo assessor especial da Organização das Nações Unidas (ONU), Jaime Illien que em 2011, trouxe essa ideia com o intuito de inspirar, mobilizar e promover o movimento global de felicidade.

A iniciativa foi do país asiático Butão que adota essa postura desde 1972, fazendo com que a “Felicidade Nacional Bruta” seja maior do que o “Produto Interno Bruto” (PIB) e é considerada como uma das populações mais felizes do mundo.

Durante uma reunião geral das Nações Unidas, a proposta de Butão foi aceita com a aprovação de 193 países e o Dia Internacional da Felicidade foi oficializado no calendário da ONU em 20 de março de 2013.

 

Organização das Nações Unidas”

“A Assembléia Geral, […] Consciente de que a busca da felicidade é um objetivo humano fundamental, […] Reconhecendo também a necessidade de uma abordagem mais inclusiva, equitativa e equilibrada do crescimento econômico que promova o desenvolvimento sustentável , a erradicação da pobreza, a felicidade e o bem – é de todos os povos, decide proclamar o dia internacional da felicidade de 20 de março, convida todos os Estados membros, organizações do sistema das Nações Unidas e outras organizações internacionais e regionais, bem como a sociedade civil, incluindo organizações não governamentais e indivíduos, a observarem o Dia Internacional da Felicidade de forma adequada, inclusive através de atividades educativas e de conscientização pública […]

Esta Resolução foi adotada pela Assembléia Geral em 28 de junho de 2012.”

O que te faz feliz de fato?

Diante de todas essas informações, que tal aproveitar essa data tão “feliz” e buscar o que te faz feliz de fato? Uma maneira de fazer isso também é fazer os outros felizes, seja com simples gestos de bondade, gentileza e atenção!

Perceba o ambiente em sua volta, contemple e agradeça! Se não estiver bom, não reclame! Procure soluções, veja o que pode fazer para melhorar… Se não estiver ao seu alcance, procure ajuda, envolva mais pessoas, busquem ideias, opiniões de pessoas positivas, otimistas e que estejam realmente interessadas em ajudar.

Não adianta colocarmos a culpa no governo, na polícia, nas pessoas, se nós mesmos não conseguimos melhorar o nosso próprio comportamento. A força que deve ser utilizada é a da sociedade unida em prol da paz e da unidade e não de um objetivo próprio, egoísta e individual.

E para encerrar, neste dia tão feliz, fica a máxima: “A nossa felicidade deve ser a felicidade do próximo”

Fonte: www.greenme.com.br/ ,  www.un.org/es/ e angelitascardua.wordpress.com/

Em 20/03/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *